90. A new Addition to the Family – 90. Uma nova audição em família

      Reproduzir áudio
90. A new Addition to the Family

I got out of school at 7 p.m. and didn’t have anything to do, so I started walking home. I lived an hour away from my school, so I got home at around 8 p.m. When I opened the door to go inside, I saw my brother, my mom, and my brother’s girlfriend all sitting down on the couch. My brother Jeff was sitting with his girlfriend Betty. I walked in slowly. I looked at my mom, who had tears in her eyes. It was very tense. I turned to Jeff. “She’s pregnant!” Jeff said.

Jeff and his girlfriend started laughing and said, “Yes!” I started jumping up and down with joy. I always wanted to be an uncle. My first reaction was to start screaming, “It wasn’t me! It wasn’t me!” I started screaming that because my parents always thought I was going to be the first one to give them a grandchild. They certainly didn’t think Jeff was going to do it. I gave them each a hug, and I wished them luck.

After eight and a half months had passed, Betty gave birth to a beautiful baby boy. My family and I were as happy as it could be. They named the baby Mark. Mark was the name of my father, who passed away a year ago. My brother said that he looked like my dad, so he decided to give him the name in honor of my dad. We all gathered at the hospital and started laughing, talking. We each took turns carrying the baby. It was the happiest moment in our family’s history. We only wished that my father would have been a part of it. Jeff looked at baby Mark. He told me that my father’s spirit was here. He would always be there to look over and take care of Mark. I smiled and gave him a hug.

90. Uma nova audição em família

Eu saí da escola as 19:00 e não tinha nada para fazer, então eu comecei a caminhar para casa. Eu morava à uma hora da minha escola, então eu chegava em casa por volta das 20:00. Quando em abri a porta para entrar, eu vi meu irmão, minha mãe e a namorada do meu irmão, todos sentados no sofá. Meu irmão Jeff estava sentado com a sua namorada Betty. Caminhei lentamente. Eu olhei para minha mãe, quem tinha lagrimas em seus olhos. Era muito tenso. Eu virei para Jeff. “Ela está gravida!” Jeff disse.

Jeff e sua namorada começaram a rir e disseram, “sim!” eu comecei a pular para cima e para baixo de alegria. Eu sempre quis ser um tio. Minha primeira reação foi começar a gritar, “não era eu! Não era eu! Eu comecei a gritar isto porque meus pais sempre pensavam que eu ia ser o primeiro a dar um neto a eles. Eles certamente não pensavam que Jeff ia fazer isso. Eu dei-lhes um abraço.

Depois oito meses e meio se passaram, Betty deu a luza a um lindo menino. Minha família e eu estávamos tão felizes quanto poderia ser. Eles chamaram o bebê de Mark. Mark era o nome do meu pai, que faleceu ano atrás. Meu irmão disse que ele se parece com o meu pai, então ele decidiu dar a ele o nome em honra do meu pai. Nós nos juntamos no hospital e começamos a rir, falando cada um de nós revezaram carregando o bebê. Foi o momento mais feliz da história da nossa família. Nós apenas desejamos que meu pai tivesse feito parte disso. Jeff olhou para o bebê Mark. Ele contou-me o espirito do meu pai está aqui. Ele estaria sempre lá para olhar e cuidar de Mark. Eu sorri e lhe dei um abraço.

Deixe um comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here