75. Green Hair, Don’t Care – 75. Cabelo verde, não se preocupe

106
      Reproduzir áudio
75. Green Hair, Don’t Care

Tina was very involved in her daughter’s education. She made sure her daughter did her homework. She also volunteered at her school. She especially liked to help parents who did not speak English. Tina often would translate at parent-teacher conferences and meetings. She also translated some of the papers that the school sent home. Tina was a member of the parent-teacher association. She went to every meeting and open forum. Tina was so active in her daughter’s school that she was elected to be vice-president of the parent-teacher association.

The principal of the school did not like Tina though. She felt Tina was too involved. She didn’t like how Tina insisted that there be translation at every meeting, and that every paper that went home be in different languages. The principal felt Tina was creating more work for her and her staff. She thought Tina was a troublemaker.

The way Tina looked didn’t help her. She had many tattoos, and often dyed her hair in non-traditional colors like pink and green. One evening, after Tina’s daughter received an award for her good grades, Tina went up to greet the principal. The principal responded coldly: “Congratulations.” The principal then offered some advice to Tina’s daughter. “When you grow up, don’t become like your mother,” the principal told the young girl. The little girl was confused. Tina was furious. How dare the principal speak to her that way? Tina may not have looked like all the other parents, but what she looked like shouldn’t matter. Tina’s daughter hugged her mother. “I don’t care that you have green hair, mommy,” she said, “I care that you care about me and my school.”

75. Cabelo verde, não se preocupe

Tina estava muito envolvida na educação da sua filha. Ela fez com que sua filha fizesse a lição de casa. Ela também ofereceu em sua escola. Ela gostou especialmente para ajudar os pais que não falam inglês. Tina muitas vezes era tradutora em conferências de pais e reuniões professores. Ela também traduzia alguns dos papéis que a escola enviava para casa. Tina era um membro da associação de pais e professores. Ela foi para todas as reuniões e fórum aberto. Tina era tão ativa na escola de sua filha que ela foi eleita para ser vice-presidente da associação de pais e professores.

A diretora da escola não gostou de Tina, entretanto. Ele sentiu Tina estava muito envolvida. Ela não gostou do modo que Tina insistiu que há tradução em cada reunião, e que cada papel que foi para casa esteja em línguas diferentes. A diretora sentiu que Tina criava mais trabalho para ela e para o seu pessoal. Pensou que Tina era uma encrenqueira.

A maneira de Tina aparecia não ajudá-la. Ela tinha muitas tatuagens, e muitas vezes cabelos tingidos de cores não-tradicionais, como rosa e verde. Uma noite, depois que a filha de Tina receber um prêmio por boas notas, Tina subiu para cumprimentar a diretora. A diretora respondeu friamente: “Parabéns”. A diretora, em seguida, deu alguns conselhos à filha de Tina. Quando crescer, não se torne como sua mãe”, a diretora disse à menina jovem. A menina estava confusa. Tina ficou furiosa. Como se atreve a diretora falar com ela daquele modo? Tina não se parecia como todos os outros pais, mas parecia que não se importava. A filha de Tina abraçou a mãe. Eu não me importo que você tem cabelo verde, mãe, disse ela. Eu me importo que você se importa sobre mim e minha escola.

Deixe um comentário