60. A New Voter – 60. Um novo eleitor

      Reproduzir áudio
60. A New Voter
Oscar had just moved to New York City. He registered to vote. A week later, he received his voter card. Now he was a registered voter. He read the voter notice from the Board of Elections. It said to call VOTE-NYC if he had a question. He had a question. He wanted to use an absentee ballot. But the notice said the absentee ballot was for ill people. The ballot was for physically disabled people. He wasn’t ill. He wasn’t physically disabled. He called VOTE-NYC. “I’m not ill. I’m not physically disabled. But I want to use an absentee ballot,” he said. “Give me your address. I’ll mail you an application today. You’ll receive an absentee ballot before every election,” Louis said. “But isn’t there a problem?” Oscar asked. “The notice says I have to be ill. I have to be physically disabled.” “Don’t worry. We’ll rewrite that,” said Louis.
60. Um novo eleitor
Oscar tinha acabado de se mudar para Nova York. Ele vota. Uma semana depois, ele recebeu o seu cartão de eleitor. Agora ele era um eleitor. Ele leu o aviso de eleitor das placas de eleições. Lá dizia que podia ligar para o VOTO-NYC se tivesse alguma pergunta. Ele tinha uma pergunta. Ele queria usar uma cédula de absentista. Mas o aviso disse que a cédula de absentista era para pessoas doentes. A votação foi para pessoas com deficiência física. Ele não estava doente. Ele não estava fisicamente incapacitado. Ele ligou para o voto-NYC. “Eu não estou doente. Não estou fisicamente incapacitado. Mas eu quero usar uma cédula de absentista,” disse ele. “Dê-me seu endereço. Eu vou te enviar um pedido hoje pelo correio. Você receberá uma cédula de absentista antes de cada eleição,” disse Louis. “Mas isto tem algum problema?” Oscar perguntou. “O aviso diz que eu tenho que estar doente. Eu tenho que ser fisicamente incapaz.” “Não se preocupe. Nós vamos reescrever isso,”, disse Louis.

Deixe um comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here