42. Christopher the Reporter – 42. Christopher, o repórter

      Reproduzir áudio
42. Christopher the Reporter

When Christopher Lee was a young man, he had a dream to become an English professor. He worked hard at this by first going to a community college after high school before transferring to the University of California, Los Angeles. At UCLA, Chris earned his bachelor’s degree in English, but he still needed his Master’s degree to teach at college. Chris met George while taking a class at his old community college. George was a news reporter, who told Chris how much he enjoyed his job. Chris became very interested in his story.

It turned out George was also an English major, but he turned to journalism because he wanted to be published. George said to Chris one day, “Chris, I’ve known lots of English majors who want to be published, but never got that chance. In journalism, you can get published, and get published often.” Chris thought about his words and asked him how he became a journalist. George laughed and said, “Start with Journalism 101.”

Chris took his advice, and soon he fell in love with writing in journalism style. Its short, precise method of writing appealed to Chris. Journalists deal only in facts. It is not like English writing. You don’t paint pictures in journalism; you report facts. There is a measure of creativity involved with writing in a journalistic style, but it is unlike English.

Soon, Chris earned his certificate, and went on to earn his Master’s degree in journalism. He now works for a large, daily newspaper. He is very grateful to his old friend George, who introduced him to journalism. He has now been published more than 200 times. George changed the course of Christopher’s life.

42. Christopher, o repórter

Quando Christopher Lee era um adolescente, ele tinha um sonho de se tornas um professor de Inglês. Ele trabalhou duro nisso primeiramente indo a uma Faculdade Comunitária depois do ensino médio antes de se transferir para a Universidade da Califórnia, Los Angeles. At UCLA, Chris ganhou seu diploma de bacharelado em Inglês, mas ele ainda precisava do diploma de Mestre para ensinar na faculdade. Chris conheceu George enquanto estava em uma aula em sua antiga comunidade. George era um repórter, que disse para Chris o quanto ele gostava de seu trabalho. Chris ficou muito interessado na sua história.

Isso tornou George um mestre no inglês, mas ele se tornou jornalista porque ele queria ser fazer publicações. George disse para Chris um dia, “Chris, eu conheci muitos jornalistas que queriam publicar, mas nunca tiveram a chance. No jornalismo, você pode publicar, publicar as vezes.” Chris pensou sobre as palavras dele e perguntou a ele como se tornou jornalista. George riu e disse, “Comece com Jornalismo 101”.

Chris seguiu seu conselho, e rapidamente ele se apaixonou com o estilo da escrita jornalística. É curta, um método preciso para atrair Chris. Jornalistas trabalham somente com fatos. Não é como a escrita inglesa. Você não colore figuras no jornalismo, você relata fatos. Tem uma medida de criatividade envolvendo inglês, mas não é como o Inglês.

Brevemente, Chris ganhou seu certificado, e foi atrás do seu diploma de Meste em Jornalismo. Agora ele trabalha para um grande, jornal diário. Ele é muito grato a seu velho amigo George, quem apresentou a ele o jornalismo. Agora ele publicou mais de 200 vezes. George mudou o curso da vida de Christopher.

Deixe um comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here