21. The Lottery Ticket – 21. O bilhete de loteria

      Reproduzir áudio
21. The Lottery Ticket

An 85-year-old woman in Tennessee named Astrid became a multimillionaire overnight after winning a $500 million lottery jackpot. However, her road to richness was not all completely smooth. Her story reminds us that in order to win the lottery, there are two crucial requirements. The first and most obvious necessity is a lot of luck. The second requirement is just as important, but much less often mentioned — getting organized.

Astrid’s story began when getting in line for a lottery ticket at her local supermarket. The woman ahead of her decided to let her cut in front of her to pay. This woman was also planning on buying a lottery ticket. Had she not given Astrid her spot in the line, the lottery money would have been hers!

On the day that the winners were announced, Astrid realized she had won, she could not contain her excitement. She danced with joy all around her house and jumped on the phone to tell her closest relatives what had just happened. The next morning Astrid woke up and prepared to go claim her prize money, but suddenly realized that she could not remember where she had placed her ticket. Given that her memory was no longer as sharp as it used to be, she searched and searched around her messy house for hours to no avail. She had absolutely no recollection of where she might have stored or dropped the ticket.

Astrid had been given thirty days to claim her prize, or else it would be canceled. For 27 days, her schedule was dedicated to searching every surface and square foot of her house for the missing ticket. With only three days left, she decided to finally call her daughters for help. She had been too embarrassed to call them from the beginning because her house was so messy, but now had no other choice. Figuring that helping their mother find the ticket would probably secure at least an extra million dollars to them, all three of Astrid’s daughters immediately sped over to her house.

Within the first half hour of searching, the youngest of her daughters hollered, “I found it!” It turned out Astrid had left it in a dish cabinet. “Oh, thank you, daughter!” Astrid cried. “I owe you so much!” Her daughter’s smile glistened with pride as her two sisters scowled at her from the next room.

21. O bilhete de loteria

Uma mulher de 85 anos, no Tennessee, chamada Astrid se tornou uma multimilionária da noite para o dia, depois de ganhar uma bolada da loteria de 500 milhões de dólares. Porém, seu caminho para riqueza não foi completamente suave. Sua história nos lembra de que, para ganhar na loteria, há dois requisitos cruciais. A primeira e mais óbvia necessidade é muita sorte. O segundo requisito é tão importante quanto o primeiro, mas muito menos frequentemente mencionado: ser organizado.

A história de Astrid começou quando ela ficou na fila para um bilhete de loteria em seu supermercado local. A mulher à frente dela decidiu deixá-la passar para pagar. Essa mulher estava também pensando em comprar um bilhete de loteria. Ela não tinha dado à Astrid o seu lugar na fila, o dinheiro da loteria teria sido dela!

No dia em que os vencedores foram anunciados, Astrid percebeu que ela tinha ganhado, ela não podia conter a sua excitação. Ela dançou de alegria por toda sua casa e saltou sobre o telefone para dizer a seus parentes mais próximos o que tinha acontecido. Na manhã seguinte, Astrid acordou e preparada para ir reclamar seu prêmio em dinheiro, mas, de repente, percebeu que ela não conseguia se lembrar de onde tinha colocado seu bilhete. Tendo em conta que sua memória não era mais tão boa como costumava ser, ela procurou e procurou ao redor de sua casa bagunçada por horas sem sucesso. Ela não tinha absolutamente nenhuma lembrança de onde ela pode ter guardado ou soltado o bilhete.

Foi dado a Astrid trinta dias para requisitar o seu prêmio, ou então ele seria cancelado. Por 27 dias, sua agenda foi dedicada a procurar em cada superfície e pé quadrado de sua casa pelo bilhete perdido. Com apenas três dias restantes, ela decidiu finalmente chamar suas filhas para ajudar. Ela estava com muita vergonha de chamá-las desde o início, porque sua casa estava muito bagunçada, mas agora não tinha outra escolha. Descobrindo que ajudar sua mãe a encontrar o bilhete provavelmente asseguraria pelo menos uns milhões de dólares extras para elas, todas as três filhas de Astrid correram imediatamente até a sua casa.

Dentro da primeira meia hora de busca, a mais jovem de suas filhas gritou: “Eu encontrei-o!” Descobriu-se que Astrid havia o deixado em um armário de prato. “Oh, obrigado, filha!” Astrid gritou. “Devo-lhe muito!” O sorriso de sua filha brilhava com orgulho quando suas duas irmãs fizeram uma careta para ela do quarto ao lado.

Deixe um comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here