150. Unhappy Prisoners – Prisioneiros infelizes

      Reproduzir áudio
150. Unhappy Prisoners
“Where is the mustard?” asked a prisoner. “There is no mustard,” said the cook. “We ran out of mustard. We have no more mustard. We’ll get more mustard tomorrow.” The prisoner looked at his hot dog. A hot dog without mustard is not a hot dog. “I can’t eat this hot dog without mustard!” he yelled. “A hot dog without mustard is not a hot dog. I want some mustard!” The other prisoners heard him yelling. They started yelling, too. “We want mustard! We want mustard!” The cook said, “Shut up! Eat your hot dogs! We have plenty of mayonnaise. Put mayonnaise on your hot dogs.” The prisoners were angry. “Don’t tell us to shut up!” they yelled. They threw their hot dogs at the cook. They threw their hot dogs at the guards. They threw their hot dogs at one another. They threw their hot dogs without mustard everywhere.
150. Prisioneiros infelizes
“Cadê a mostarda?” perguntou um prisioneiro. “Não há nenhum mostarda,” disse o cozinheiro. “Nós estamos sem mostarda. Nós temos mais mostarda nenhuma. Vamos pegar mais mostarda amanhã.” O prisioneiro olhou para seu cachorro-quente. Um cachorro-quente sem mostarda não é um cachorro-quente. “Não posso comer esse cachorro quente sem mostarda!” ele gritou. “Um cachorro-quente sem mostarda não é um cachorro-quente. Eu quero um pouco de mostarda!” Os outros prisioneiros ouviram-lo gritar. Eles começaram a gritar, também. Nós queremos mostarda! Nós queremos mostarda! A cozinheira disse, “Cale-se! Coma cachorro-quente! Temos muita maionese. Coloque maionese no cachorro-quente.” Os prisioneiros estavam com raiva. “Não nos diga para nos calar!” eles gritaram. Eles joagaram seus cachorros-quentes no cozinheiro. Eles jogaram seus cachorros-quentes nos guardas. Eles jogaram seus cachorros-quentes em um outro. Eles jogaram seus cachorros-quentes sem mostarda em todos os lugares.

Deixe um comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here